Pequenas notas inúteis

  • A tal da Twittess malandreou o Twitter e acabou provocando a ira de blogueiros. O Cardoso e o CrisDias dizem que o script utilizado pela moça compromete a avaliação da real relevância dela. Sim, mas e daí? Senhores, o fato da Twittess trapacear para obter tantos seguidores não diminui o espaço e a relevância de ninguém. Quando vocês reclamam disso, fica parecendo vaidade, uma disputa de egos.

*** *** *** ***

  • Michael Jackson morre via Twitter. Reconheço o ícone que Michael Jackson foi para a música pop na década de oitenta, mas sinceramente fiquei mais triste quando o Bezerra da Silva morreu. Desagradável mesmo é a hipocrisia. Todo mundo tratava o Michael Jackson como a figura bizarra que ele se tornou, mas agora morto o sujeito virou santo de novo. As piadas mais inocentes ás vezes são repreendidas. Essa postura de que a morte redime todos os seus desvios me irrita.

*** *** *** ***

  • A seleção do Dunga contraria todos as previsões e começa a ganhar com tranquilidade. Contra a África do Sul, jogo mais difícil entre os últimos, o técnico fez uma alteração taticamente inexplicável e o jogador que entra faz o gol salvador aos 42′ do segundo tempo. O Dunga ainda por cima tem sorte. Muita gente ainda fala mal dele, o que me leva a pensar que eu não gostaria de ser treinador da seleção brasileira em nenhuma circunstância.

*** *** *** ***

  • No Irã a coisa tá feia, mas como bem notou o Marcos, todo mundo fala do Irã porque é o hype da vez. Há, contando muito por baixo, pelo menos mais uma dúzia de ditaduras cruéis espalhadas pelo mundo. O único diferencial lá no Irã foi a maneira como foram utilizadas novas mídias, especialmente o Twitter. No fim das contas a mídia tradicional teve que se deixar passar a mão na bunda. Deve ser triste ser anacrônico.

*** *** *** ***

  • Corram do novo ‘Exterminador do Futuro’. O visual ás vezes é bacana, mas o roteiro é uma peneira, as situações clichê se multiplicam, as melhores sequências são as “inspiradas” nos filmes anteriores da série, e, com exceção de Sam Worthington, todas as atuações são ridículas. A franquia que estava combalida depois do T3 (que pelo menos tinha o Schwarza) foi pro sal de vez. Se alguém tiver o telefone do James Cameron, agradeço.

*** *** *** ***

  • Por falar em cinema, as fotos do novo filme do Tim Burton me deixaram chapado. Famoso pelo estilo bizarro, o sujeito resolveu adaptar ‘Alice no País das Maravilhas’ e ‘Através do Espelho’, que como todo mundo sabe são livros tão fantasticamente malucos que até a adaptação da Disney foi lisérgica. No elenco, os suspeitos de sempre.

*** *** *** ***

  • Estou tentando ficar um mês sem beber. Mandem suas energias positivas, eu vou precisar.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: