Sarney tem razão

Em quem você votou para o congresso nas últimas eleições? Em qual partido eles estão hoje? De qual eram? Quem eram os suplentes dos seus candidatos a senador?

As perguntas são lugar-comum no Brasil Toda vez que alguém quer falar que o brasileiro vota mal essa  questões surgem. Não é de se espantar que o congresso nacional, as assembléias legislativas e câmaras de vereadores estejam infestadas de podridão e escândalos como esses que nos chocam todo dia, enquanto a gente assiste ao Jornal Nacional, ou lê  O Globo ou A Nova Corja.

E o que fazemos quando passa o choque? O segredo para mudar o que tanto nos incomoda na política brasileira está na resposta a essa pergunta. Indignação de botique como o movimento Cansei pode até acender fagulhas, mas de concreto nada produzirá. Manifestações indignadas no Twitter, Facebook, Orkut ou qualquer outro desses sites também tem pouca efetividade. Se apenas palavras de ordem adiantassem alguma coisa, o PSTU estaria no poder. Apenas idéias não são o suficiente para construir prédios, então não adianta uma idéia brilhante, é preciso colocar em prática.

Quando Sarney disse que a crise não era dele e sim do senado, ele tinha razão, o que não quer dizer que ele seja inocente. Mas acho que faltou coragem (ou sobrou bom senso) no velhaco para dizer que se o senado hoje está afundado em lama não é por culpa única e exclusivamente dos membros da casa, mas também de quem os elegeu e, após aquele domingo de outubro, nunca mais procurou saber a respeito do sujeito ao qual foi dado um voto de confiança. A crise do senado, é sua e minha.

Falta ao brasileiro maturidade política para entender que democracia não se constrói só com sufrágio universal. Um dia a gente chega lá. Mas até que isso aconteça, não venham me dizer que não votar resolve. A omissão não é a maneira mais inteligente de mudar nada.

———-

Originalmente publicado em24 de junho de 2009.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: