Tico ficou de mal comigo

A história é longa.

Durante o último jogo da seleção, o Ashton Kutcher (@aplusk) deu uma sacaneada no Twitter enquanto a seleção americana ganhava o jogo. Quando o Brasil virou, os brasileiros começaram a sacanear o cara e mandaram ele chupar. Foi o @christianpior quem levantou a idéia de colocarmos o #Chupa no trending topics do Twitter. Ashton Kutcher, demonstrando ser um cara bem humorado, não só participou da conversa, como também convocou a patroa, Demi Moore (@mrskutcher), para a campanha. Enfim, tem um resumo melhor aqui.

O que me leva a pensar que por um instante, Demi Moore e eu estávamos atuando juntos em uma mesma causa. Quem diria que um dia eu estaria tão próximo dela?

Há algumas semanas o #forasarney tá rolando no Twitter. Mas no começo dessa semana uns manés, que foram maravilhosamente chamados de “subcelebridades” se apropriaram do movimento para eles e tentaram fazer o #forasarney entrar no trending topics do Twitter. Eu poderia narrar como se deu a tentativa e como ela acabou frustrada, mas o xará Lucas Pretti fez isso melhor do que eu faria.

Eu poderia então, debochar sumariamente deles, mas o Cardoso fez isso com maestria que eu jamais teria.

Depois desse papelão, outras subcelebridades resolveram convocar, via Twitter, todos os indignados “comtudoissoqueestáaí” para diversas manifestações em todo Brasil. A frente dessa nova patota de “quase famosos”, Tico Santa Cruz. Durante a mobilização, Bruno Gagliasso, demonstrando grande familiarização com a ferramenta, divulgou seu telefone para todos os usuários que o seguiam.

E a manifestação? Bem, a manifestação não foi lá grandes coisas. Talvez os líderes do movimento tenham superestimado a sua capacidade de mobilização pela fama. No Rio, foram vinte e seis (escrevi por extenso para parecer mais) pessoas.

Diante do fiasco da manifestação, Tico Santa Cruz ficou revoltado e resolveu chamar todo mundo de acomodado no Twitter. Ora, não confunda um acomodado com um pragmático. Se ele deixasse de se comportar como um rebelde sem causa, um ativista das causas intermináveis, e procurasse ações que realmente levassem a construção de alguma coisa, ele entenderia a minha posição. Ideias não constroem prédios. Palavras de ordem só geram perdigotos.

Fiquei indignado sim. O sujeito não me conhece, está visivelmente desorientado e vem me chamar de acomodado. No auge da minha irritação mandei para ele uma pergunta, um questionamento, nada que ofendesse:

É, eu sei, faltou um ponto de interrogação.

É, eu sei, faltou um ponto de interrogação.

Depois disso ele me bloqueou. Sem perceber, Tico Santa Cruz assinou embaixo do que eu vinha dizendo até ali, que faltava maturidade política ao país, que não adianta apenas ir para as ruas gritar, que tem de haver diálogo dentro da sociedade e da sociedade com o poder público. O grande problema foi que Tico acabou também assinando seu atestado de tolo. Um sujeito que se propõe a ocupar o papel que ele ocupa deve estar disposto a receber críticas. Não pode haver brechas para a intransigência, Tico Santa Cruz definitivamente NÃO PODE REPRESENTAR ninguém em seus manifestos, simplesmente porque não tem a capacidade de ouvir uma ideia dissonante.

Eu não gosto de pensar que sou um sujeito muito esperto, mas ás vezes aparecer alguém se achando esperto, dá uma de otário e acaba por levantar a minha moral. Obrigado, Tico Santa Cruz. Não precisava de tanto.

Update: se uma imagem vale mais que mil palavras, quanto vale uma imagem com algumas palavras?

Eu nem reparei nisso.

Eu nem reparei nisso.

————

Originalmente publicado em 03 de julho de 2009.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: