O Dia dos Pais como um espelho de quem eu sou

Eu não gosto do Dia dos Pais.

Meu pai morreu há quinze anos. Que fique claro aqui que isso não é de maneira nenhuma algo que hoje me abale. Não tenho saudades do meu pai, não sofri nenhum trauma pela falta dele, ou mesmo pelo processo que o levou a morte. Hoje eu sei exatamente em que circunstâncias meu pai morreu, mas sem que haja qualquer problema para mim.

Não me julguem um monstro. Quando meu pai morreu eu tinha acabado de completar dez anos. Lembro muito pouco do meu pai, mas o pouco que eu lembro e tudo o que sei hoje a respeito dele, é que não tínhamos uma grande identificação. Eu tinha que crescer para começar a entender o meu pai, e isso não quer dizer que ela era um sujeito complicado, longe disso a vida era muito simples para o meu pai, ele apenas não sabia como dividir a simplicidade da vida com uma criança. O que não quer dizer que meu pai tenha sido um mau pai, meu pai era um sujeito bronco, mas bastante carinhoso.

Ao longo da vida eu conheci muitos sujeitos bacanas que eram pais bacanas. Eu frequentava a vida de alguns deles, tentando ser parte da família. Em alguns casos eu cheguei a conseguir ser um membro honorário daquela família.

O problema é que no Dia dos Pais, dificilmente eu encontrava espaço para estar ali. Por mais receptiva que a família fosse comigo, eu me sentia um invasor, um parasita que ficava por ali se alimentando da felicidade de uma família que não tinha nenhuma obrigação comigo. Eu era bem tratado e querido na maior parte das vezes, mas aquele não era meu lugar de direito e me sentia incomodado.

E foi em um desses dias que eu me dei conta que no fundo eu tinha inveja. Inveja de poder comemorar o Dia dos Pais no seu devido lugar e não infiltrado em um canto que não era meu. Eu tinha inveja dos pais maravilhosos que me adotavam como um filho, mesmo sem ter nenhuma obrigação. Eu olhava para mim mesmo e via um sujeito que se apropriava da felicidade de outra família para chamar de sua, e quando isso não dava certo eu sentia um dos mais miseráveis sentimentos que alguém pode ter.

Eu não gosto do Dia dos Pais porque ele me faz ver a pessoa pequena e detestável que eu sou.

Anúncios

7 Responses to O Dia dos Pais como um espelho de quem eu sou

  1. Tom disse:

    de certa forma, posso dizer que eu esperava um texto hoje, e que ‘sabia’, mais ou menos, em qual direção seria…

    assim, cabe questionar: tudo bem, vc elegeu pais honorários, mas também foi eleito filho honorário diversas vezes, ou seja, foi escolhido… e, em alguns casos, por pessoas não tão mais velhas que você, pelo menos em idade cronológica…

    para os psicanalistas de merda que dizem que um pai e uma mãe não podem ser amigos dos filhos, coloco em questão esses papéis ‘nonsense’ que tão severamente são declarados e naturalizados…

    por isso, de certa forma, me coloco aqui, dizendo que vc agora vai ter que esperar seu presente no dia 12 de outubro!

    e tenho dito!
    abraços!

  2. Biajoni disse:

    grande texto.
    :>)

  3. Nada Sou disse:

    Eu não gosto do dia dos pais por outros motivos… poderia até mesmo dizer que invejo você. Veja só…

  4. El Mamut disse:

    Figura, você pode até se sentir dessa forma, mas saiba que você sempre foi e sempre será muuuuito bem recebido em minha família.

    A forma como você se sente só você pode mudar, mas se eu pudesse, faria você enxergar que isso é só impressão.

    • oluquetucho disse:

      Que fique claro para você Daniel, que faz parte de uma das famílias a qual me referi no post, que eu sempre fui bem recebido, mas é a sensação de estar fora do seu lugar que me incomodava.

  5. Tom disse:

    em resposta (ainda não sei usar aquele esquema maluco de indicar referências)…

    http://epyfanias.blogspot.com/2009/08/uma-ode-aos-dias-especiais-de-verdade.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: