Os posts perdidos

Ao longo desse mais de um ano de blog, alguns posts nasceram na minha cabeça e por lá ficaram, sem jamais serem escritos. As razões são muitas, mas principalmente por negligência.

Havia uma série inteira de posts sobre os sete pecados capitais. Eu faria um post para cada pecado, contando a minha relação com o pecado, grandes exemplos de pecadores, exemplos na literatura ou no cinema. Seria uma grande ode aos excessos. Abandonei porque achei que era qualquer coisa.

Tinha um post sobre “Into the Wild” e como esse filme pode superar Forrest Gump na minha lista.

Um post sobre minha primeira Ópera, que foi devidamente abandonado porque a apresentação em si não era digna de post nenhum.

Um post sobre meus grandes amigos e nosso encontro anual, onde eu desmascararia o Leitor Oculto, El Mamut e o Bolha.

Um post decente sobre o blog do Tom e o quão genial ele é.

Um post sobre porque eu era contra a indicação do Rio de Janeiro a sede das Olimpíadas de 2016, que obviamente ficou datado.

Um post sobre a minha mãe, elogioso e cheio de histórias da nossa vida.

Um post sobre como ter jogado RPG por tantos anos fez de mim um sujeito mais culto, mais criativo e com uma capacidade maior de me divertir. Mencionando inclusive alguns dos meus personagens favoritos.

Um post sobre pregos no meu caixão, e o quanto eu adoro isso.

Um post sobre carnaval, não a história, mas como eu mudei meu jeito de aproveitar o carnaval.

Há ainda uns cinco ou seis posts de ficção, que talvez respondam a pergunta do Alexandre.

Um post sobre meu primeiro encontro com o Biajoni. Eu já tive com o Bia de novo, o encontro renderia um outro post e ainda assim eu não escrevi.

Um post sobre o último Big Brother e seu papel na manutenção de um modelo homofóbico de sociedade. Até mencionei isso em um post, mas a questão central do post era outra.

Alguém ainda lembra que eu pretendia falar sobre os filmes que eu assistisse na semana?

Um post sobre um ano de blog e o que mudou de lá para cá, com um desdobramento para uma carta aberta para o autor do blog que me fez ter vontade de criar o meu.

Alguns desses posts ainda são possíveis, mas provavelmente se perderão na minha falta de tempo e de disciplina.

Anúncios

15 Responses to Os posts perdidos

  1. Tom disse:

    Nem preciso dizer que gostaria muito de ver um monte desses assuntos em posts seus, né? Quem venham, então, no seu devido tempo!

    Particularmente, gostaria muito de ler você sobre “Into the Wild”…

    bjos!

    • oluquetucho disse:

      Talvez o post todo tenha sido um grande charminho para que vocês, amigos queridos, viessem aqui para me estimular.

      Mas “Into the Wild” merece e vai ganhar um post. Eu só preciso de uma tarde sossegada e o dvd que ganhei de presente.

  2. Nada Sou disse:

    Isso que dizer que minha pergunta não foi ignorada. rsrsrs

    No aguardo.

  3. Garota disse:

    Adoraria ter lido todos esses posts perdidos. Esse blog ao mesmo tempo que é amado é também abandonado por seu dono.

    Entro nesse blog quase todos os dias para ver se há novos posts e toda vez que vejo o blog abandonado me sinto abandonada como leitora!

  4. Tom disse:

    Garota,

    Tenho uma solução pra você! No meu blog, tem um link para o “Incontinência Verbal” que mostra o título do último post e há quanto este foi publicado. Indo lá, vc não precisa entrar aqui todo dia!
    😛

    É pra fazer barulho? Queremos posts perdidos! QUEREMOS POSTS PERDIDOS!!! Queremos post perd….

  5. Belle Polenta disse:

    quanto tempo nao comento aqui (: ja que voce nao vai escrever eu acabarei plagiando alguns… brincadeira. ah ve se faz o post sim, tem alguns ai que eu acho super interessante como o do pecado relacionado com personagens. nao some nao!

    • oluquetucho disse:

      Poxa até a Belle veio pedir os posts. Se fosse para fazer charme esse post teria funcionando direitinho.

      Vou tentar não sumir, deixa só as coisas aliviarem na faculdade.

      Beijão

  6. Leitor Oculto disse:

    Pregos no caixão, definitivamente. Pregos no caixão JÁ!! Nenhum outro tema dirá tanto sobre vc.

    P.S.: Tá carente?

    • oluquetucho disse:

      Depois do papo de hoje, esse com certeza vai sair. Esse e mais uns dois ou três.

      Carente carente não estou, mas não dispenso carinho, chamego e atenção. rs

      Um abraço

  7. Tom disse:

    Como eu queria ter estado com vocês nesse sábado… ¬¬

    • oluquetucho disse:

      Pois não foi sábado, foi na sexta. O semanário voltou, te damos mais detalhes no fim da próxima semana.

  8. Bolha disse:

    Eu acho que vc não vai escreve-los. São assuntos muito bons, alguns emocionantes só de imaginar, mas não vai rolar. Se vc não escreveu ainda é porque teve um bom motivo (preguiça?), e o mesmo ainda faz com vc não tenha escrito. É como se fosse aquele mulherão que te deu mole e vc não foi atrás. Pode ate te dar mole de novo no futuro, vc pode ate pegar, mas não vai ser a mesma coisa como da primeira chance. Ou então foram redigidos mentalmente e postados la na sua cabeça, e a transcrição não terá o mesmo brilho.
    PS:to provocando mesmo! pronto falei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: